Acompanhe diversas dicas sobre saúde aqui!

NOSSO BLOG

13B25423-76F1-4905-863A-2352F1309776.png

A audição é uma das principais formas de conexão da criança com o mundo. É por meio da audição que a criança desenvolve a linguagem oral e aprende a falar.

A audição já está formada desde a gestação. Na gravidez, o bebê é capaz de reconhecer a voz da mãe e quando nasce, aos poucos começa a descobrir de onde cada som está vindo, e quem ou o que o está produzindo.

Como saber se o bebê ouve bem?
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
A triagem auditiva neonatal conhecida como teste da orelhinha é a única estratégia que permite a identificação precoce de bebês com perda auditiva. É um procedimento simples, rápido e indolor que avalia a audição do bebê.

Quais as principais causas da perda auditiva neonatal?

Existem diversos fatores de risco associados à perda auditiva no neonatal, dentre eles os mais comuns são infecções da mãe durante a gestação, história familiar de surdez, prematuridade, peso ao nascer menor de um 1.500g, internação por cinco dias ou mais em UTI neonatal, uso de determinados antibióticos, entre outros.

Se o bebê se assusta com som alto é sinal que ouve bem?

Não necessariamente. Existem vários graus de perda auditiva. O bebê pode ter uma perda auditiva leve ou moderada e ainda assim assustar-se com sons altos. As perdas auditivas leves ou moderadas podem causar atraso no desenvolvimento da linguagem.

No INSTITUTO OTOVIDA realizamos exames e temos profissionais especializados em cuidar de você!!!


236068A2-6461-4955-BA5D-3BFC798DF364.png

agosto 9, 2021 JSUncategorized0

A perda auditiva no idoso, faz parte do processo degenerativo relacionado ao envelhecimento natural do indivíduo. Isso acontece, devido à morte de algumas células auditivas. Cerca de 11% dos pacientes entre 44 e 54 anos já apresentam alguma perda auditiva. Este percentual sobe para 25% entre as pessoas de 55 e 65 anos e chega a quase 50% da população com mais de 70 anos.

Componentes genéticos e fatores de risco específicos como diabetes, pressão alta, tabagismo e uso excessivo de álcool podem acelerar esse processo de perda progressiva da audição ao longo da vida.

Por isso, no decorrer do dia-a-dia cuide da sua saúde e da sua audição. Previna-se da perda auditiva na terceira idade!

No INSTITUTO OTOVIDA temos profissionais especializados em cuidar de você!!!


RONCO.png

O tratamento cirúrgico para ronco e apneia do sono é a modalidade de tratamento que mais tem evoluído nos últimos anos: SLEEP SURGERY (cirurgia do sono) – e tem recebido cada vez mais atenção nas principais universidades de referência nesta área, como as Universidades da Pensilvânia e Stanford, nos Estados Unidos. A tendência atual são as cirurgias que tanto desobstruem as vias aéreas quanto reforçam a musculatura da garganta , destacando-se as cirurgias minimamente invasivas, com uso de laser ou mesmo cirurgia robótica, que acredite, já é uma realidade. Vale ressaltar que ainda hoje o tratamento de referência é o CPAP, mas para os pacientes que não querem ou não se adaptam a essa modalidade de tratamento, a cirurgia é uma opção cada vez mais eficaz.


0423B25E-D2EC-4570-A7D3-B0AF4E5D36ED.png

Esta é uma pergunta muito comum realizado por nossos pacientes. E é comum também a maioria das pessoas fazerem o autodiagnóstico e afirmarem ter rinite ou sinusite.

Há grande possibilidade de quem tem rinite, desencadear sinusite, mas é preciso entender que há diferenças entre as duas e que nem sempre elas coexistem.

A rinite acomete a região do nariz e a sinusite tanto o nariz como os seios da face. Para entender melhor, vamos explicar abaixo o que é cada uma!

Rinite

A rinite é uma inflamação do tecido que reveste o nariz e as estruturas próximas a ele, em resposta a reação imunológica do corpo humano à partículas consideradas estranhas. Existem dois tipos de rinite: alérgica e não-alérgica.

A rinite alérgica é mais comum no inverno, sendo ativada principalmente por ácaros (poeira doméstica) e pólen. Ocorre com mais frequência nas estações mais frias do ano e na primavera.

As rinites não alérgicas, ocorrem em qualquer época do ano, e São chamadas de rinite vasomotora, medicamentosa, irritativa, hormonal, infecciosa, emocional e atrófica.

Os sintomas da rinite são: Coriza, Espirros, Irritação, Coceira e

Lacrimejamento nos olhos.

Sinusite

A sinusite é uma inflamação na mucosa nasal e nos seios da face, causadas por vírus ou bactérias.

Os sintomas mais comuns são: Coriza, Tosse, Secreção nasal, Perda de olfato, Fadiga, Dor de cabeça.

O diagnóstico deve ser realizado por um especialista, sendo que o mesmo direciona para o melhor tratamento para cada paciente.

Para um melhor diagnóstico e tratamento adequado da sua rinite ou sinusite procure seu médico. Não se automedique.

No INSTITUTO OTOVIDA temos profissionais especializados para cuidar de você!!!

 

Estamos localizados na Avenida Governador Ivo Silveira, nº 3861, no bairro Capoeiras, em Florianópolis/SC.

A consulta pode ser agendada pelos telefones:

☎️(48) 3223-6060

📞 (48) 99172-0606


criança-zumbido-1.jpg

Assim como a perda auditiva, zumbido também é um assunto que muitos julgam pertencer somente ao público adulto/idoso. Mas crianças também podem sofrem com zumbido e de forma bastante comum.

As crianças podem ouvir ruídos anormais nos ouvidos, mesmo em idade pré-escolar. No entanto, na maioria dos casos podem não conseguir expressá-lo ou até nem se aperceberem que existe um som de zumbido incomum por este já ser constante.

Tal como nos adultos, o zumbido nas crianças pode ter um impacto significativo no seu estado de espírito. Um dos ambientes em que isso está mais evidente é no contexto da escola. O zumbido pode afetar a concentração e a reação aos diferentes ambientes, pois tanto salas de aula barulhentas como ambientes silenciosos de estudo podem tornar o zumbido mais evidente.

Em crianças em que o zumbido seja muito deteriorante, pode notar-se uma tentativa de evasão de situações sociais em que exista muito barulho ou confusão, como festas de anos, o que em última instância poderá afetar também o convívio com outras crianças.

Em casa, criança que sofrem de zumbido têm normalmente muita dificuldade em adormecer e mostram-se muito ansiosos. Tudo isto são fatores preocupantes e que devem ser abordados o mais rapidamente possível.

Se notar estes sintomas numa criança, procure um profissional e avalie a sua audição – no Instituto Otovida temos profissionais especializados em atender você e sua família.


6106FC04-61C7-4487-95CB-AA16D6265EA7.png

O FRIO CHEGOU!!! E Você sabe quais são as doenças mais comuns no inverno?⁣

São as infecções respiratórias as principais vilãs que surgem nesta época.

Conheça as mais comuns:⁣

#Bronquite⁣

#Asma⁣

#Gripe⁣

#Resfriado⁣

#Pneumonia⁣

#Rinite⁣

#Sinusite⁣

#Faringite⁣

#Amigdalite⁣

PREVINA-SE⁣

* Procure se alimentar adequadamente para manter a imunidade elevada;

* Beba muito líquido.;

* Evite lugares fechados e com pouca circulação de ar;

* Lave as mãos com frequência;

* Mantenha a casa limpa, livre de poeira, ácaros, etc;

* Mantenha o ambiente bem umidificado;

* Evite fumar;

* Mantenha as vacinas em dia.⁣

Ficou com alguma dúvida ou apresenta alguns dos sintomas entre em contato com o INSTITUTO OTOVIDA – envie sua pergunta ou agende uma consulta – SOMOS ESPECIALISTAS EM CUIDAR DE VOCÊ!


23392AA4-8CA9-4EC9-8E0A-9FF9AC25A08A.png

O zumbido é um problema auditivo que afeta uma parte significativa da população. E apesar disso a maioria das pessoas não procura ajuda de um especialista, optando por esperar que o problema passe ou tente ignorá-lo. Consequentemente, muitos mitos sobre o zumbido são criados. Hoje desvendamos a verdade sobre quatro desses mitos.

 

Mito 1: o zumbido é uma doença. 

O zumbido não é considerado uma doença, mas sim um sintoma. O zumbido pode derivar de doenças vasculares, lesões traumáticas do cérebro, ou até do efeito de alguns medicamentos.

Mito 2: todas as pessoas com zumbido eventualmente perde totalmente a audição. 

Apesar de quem sofre de zumbido poder vir a perder a audição, estas são condições independentes. Além disso, a perda de audição não significa total incapacidade de audição. 

Mito 3: aparelhos auditivos não ajudam no tratamento do zumbido. 

Existem, sim, aparelhos auditivos que podem auxiliar tanto na perda auditiva como no tratamento do zumbido. Ao aumentarem o som dos barulhos exteriores, disfarçam o ruído interior do ouvido.

Mito 4: não há nada que possa fazer em relação ao zumbido. 

Existem vários tratamentos indicados no alívio e gestão do zumbido.

A maioria destes mitos está relacionada com a falta de informação acerca do Zumbido, das suas causas e tratamentos. Se deseja ser informado mais detalhadamente sobre problemas auditivos como o zumbido, ou se sofre deste problema, marque uma consulta conosco! No Instituto Otovida temos profissionais especializados em cuidar de você.


Instituto Otovida

SOMOS ESPECIALISTAS EM CUIDAR DE VOCÊ

Acompanhe Nossas Redes Sociais

  

Localização e Contatos

         

Todos os Direitos Reservados •  JS ATIVIDADE DIGITAL